Um pouco sobre minha propriedade, meu querer


trancados e coladinhos n o nosso quarto

dominatrixbrazil

JOÃO ALVES DA COSTA FOTO 2

João Alves da Costa nasceu a 21 de janeiro de 1948 em Lisboa, autor best-seller e escritor da Penthouse.com com 13 Networks Globais + 91 sites,especializado em Romantismo, Não- Ficção, Exposé a la  Tom Wolfe, 14 livros e 313 sites –blogs presentes nos cinco continentes.

Com estilo personalizado e emotivo de escrita , tendo Licenciatura em Filologia Germânica na Faculdade de Lisboa e 7 pós licenciaturas por uma bolsa FULLBRIGHT A-LEVEL pela Universidade do Kansas( campus em Lawrence), e segunda Bolsa FULLBRIGHT para Aústria em Salzburg no Leopold SchlossKroo, já em Lisboa torna-se jornalista diferente ( de investigação , de cunho literário e âmbito  social ) no DIÁRIO POPULAR e na tv, co-autor com  o mestre Francisco Nicholson da primeira telenovela portuguesa “VILA FAIA”, que competiu e superou em horário nobre com as poderosas novelas da Globo.

Antes de  “A BOLA “, jornal fundado por seu pai ,Aurélio Márcio, que…

View original post 334 more words

DOMINATRIX E ESCRAVO – ONDE (QUEM) COMEÇA A SERVIDÃO?


lovely atmosphere bee-hind closed doors where secrets and volitions remain so – consented guilts

dominatrixbrazil

RAINHA-7

Nada é mais emocionante do que saber da entrega mais profunda de um ser a nós , dominadores , donos, donas , rainhas .

Ultrapassa a fronteira física , beira a perfeição quando dois corpos se unem buscando na entrega de um e o domínio do outro a mais plena satisfação, gozo inexplicável para alguns, desejado por outros.

Tudo que se lê , se vê , se conhece e sabe perde o sentido pois cada momento se faz único, cada entrega é uma , não existe comparação , nem notas ou prêmios a serem disputados, o ser entregue se renova, se faz a cada novo dia ou noite que esta a nossos pés , cada momento é fascinante , há risos , lágrimas ,prazer , delírio .

Dor e prazer são levados a um patamar que não existe sem a combinação perfeita desses seres buscando o além , buscando o…

View original post 191 more words